Atas de 2011 - PloneGov-BR

11. Reunião 18/07/11

Primeira reunião presencial com a Secom para discutir diretrizes do projeto Tema Plone.

Data: 18/7/2011, das 17h40 às 19h40

Local: Secom - Esplanada dos Ministérios, Bloco A, 6o andar

Pauta para reunião presencial

  • Comunidade PloneGov-BR e Governo Brasileiro
  • Quem é a comunidade e como ela pode atuar no e para o governo
  • Página da comunidade PloneGov-BR no Portal do Software Público. Contato: Corinto Meffe, do Ministério do Planejamento (SLTI).
  • Possibilidades, projetos...
  • Projeto de produto de tema para sites governamentais:
    • definição da proposta de produto (a que atenderá, o que não se pretende com ele)
    • projetos de sites que podem ser utilizados como referência para o pré-projeto
    • requisitos mínimos (requisitos de governo eletrônico, acessibilidade, padrões, etc.)
    • plano de trabalho

Lista de presença

Participantes

  • Sílvia Sardinha Ferro (Secom)
  • Cíntia Cinquini
  • Jean Ferri
  • Tânia Andrea

Relato

  • A Sílvia falou um pouco do trabalho feito na Secom com projetos Zope/Plone?. Os ganhos e dificuldades enfrentadas no projeto do site Brasil.gov, idealizado em 2007 e lançado em 2009 com o Plone na versão 3.1.7 (versão homologada pelo Serpro - responsável pela hospedagem). Disse que a área de tecnologia (DIRTI - Diretoria de Tecnologia da Informação da PR), cujo coordenador da área de sites e portais é o Inálio, tinha conhecimento em Plone e isso ajudou muito o projeto Brasil.gov. Mesmo assim pela alta complexidade do site houve necessidade de contratar profissionais de Zope/Plone? internacionais, contatados no Plone Symposium. Por toda vivência, ela identificou que a melhor forma de contratação para construção de portais se dá pela avaliação de técnica e preço, além de focar em Comunicação Digital (comunicação e tecnologia).
  • A Sílvia informou que o Governo Federal já investiu 10 minhões em projetos Zope/Plone?, sendo 4 milhões o investimento inicial em TI para o portal Brasil.
  • A Tânia explicou um pouco do projeto PloneGov nacional e internacional e do esforço atual em criar um tema Plone que atendesse os órgãos com pequeno know how nesta plataforma. Também perguntou se a Secom, pela vasta experiência com sites, poderia auxiliar a Comunidade Plone com documentações ou padrões para partirmos de algo consistente.
  • A Sílvia falou que existe disposição total da Secom em ajudar neste projeto, porque também espera ter a cooperação da Comunidade em momentos críticos. Perguntou sobre outros projetos em Zope/Plone? e sobre a formação de mais profissionais para que o custo de desenvolvimento esteja mais acessível.
  • O Jean informou que há uma lista de casos de sucesso no wiki do Interlegis e que o Interlegis tem procurado fazer sua parte na Comunidade ao preparar estagiários que hoje já estão inseridos no mercado de trabalho.
  • A Tânia completou dizendo que toda documentação e o repositório do código-fonte do projeto Tema PloneGov-br está no Interlegis e que depois enviaria o link do projeto e dos casos de sucesso. Além disso, explicou que muitas pessoas da comunidade têm feito sua parte ao promover eventos, publicar tutoriais e treinar usuários de forma voluntária.
  • A Cíntia perguntou a Sílvia se ela não teria exemplos (templates, wireframes, etc) de trabalhos feitos pela Secom, como referência.
  • A Sílvia explicou que um bom exemplo de site sucinto é o do Crack, hospedado no Serpro. Mandará a documentação dele posteriormente. E explicou que a metodologia adotada pela Secom segue basicamente os seguintes passos:

1) Planejamento de Comunicação (aqui é definido o público alvo, objetivos, etc)

2) Escopo (detalha o planejamento estratégico e aqui entra a definição de tecnologia a ser adotada, no caso o Plone)

+

Planejamento editorial (conteúdo, wireframe, etc)

+

Arquitetura da Informação e Layout

  • A Tânia recordou que em um dos Encontros da Comunidade no Consegi (12/5/2011) houve a discussão sobre oferecer uma lista de produtos Zope/Plone? homologados por cada órgão. Isso ainda não foi concretizado. Então perguntou a Sílvia se a Secom teria produtos padrões para compartilhar.
  • A Sílvia informou que dia 22/8/2011 o novo site da Presidência será lançado em Plone 4 e também será hospedado no Serpro. Após o lançamento, e a partir de orientação do Ministério do Planejamento – Software Público, estudará possibilidade de disponibilizar à Comunidade o Catálogo de Módulos (portlets, produtos, etc) do Plone, pois seria uma referência de funcionalidades e módulos homologados por eles.
  • A Sílvia adiantou que a Barra Gov, padrão em sites governamentais, seria modificada. Ela ocupará uma altura bem menor no topo do site, não terá o logo personalizado do órgão à esquerda e o logo do Brasil será reduzido. Além disso, explicou que haverá alternativas de cores para a Barra. E reforçou que esta Barra tem a finalidade única de identificar ambientes do Governo Federal.
  • A Sílvia disse que além do Catálogo de Módulos, eles tem um padrão multimídia e que este último já até poderia ser enviado. Este padrão multimídia define os formatos padrões para vídeos, fotos, etc. - JÁ ENVIADO E EM BREVE DISPONIBILIZADO.
  • A Sílvia falou das dificuldades de trabalhar com vídeos e fotos, especialmente pelos direitos autorais ou de concessão de uso, que muitas vezes tem duração de um ano ou outro período determinado. Explicou que a equipe de planejamento do Brasil.gov é composta de 5 pessoas e que a atualização de conteúdo é feita pela TV1. A retirada do vídeo ou imagem com concessão de uso expirada ainda é feita manualmente.
  • O Jean perguntou a Sílvia qual o argumento que justifique o uso de uma rede social em relação a outra, especialmente para o compartilhamento de vídeos.
  • A Sílvia explicou que a gestão pública trabalha com o Princípio da Eficiência e da Economicidade. Portanto, se o YouTube? oferece um serviço de compartilhamento de vídeos gratuito e a audiência do seu vídeo é maior (por conta da rede de usuários maior) do que no Vimeo, por exemplo, o órgão deve optar pelo primeiro site. Para qualquer outro serviço adicional que gere custo é preciso licitar. Nada impede de ir para todas as redes, no entanto isto exigiria mais custo e mais equipe para a gestão deste conteúdo. No momento, tiveram que optar.
  • A Tânia perguntou a Sílvia como o órgão deveria se resguardar ao optar por uma rede social de serviço gratuito mas privada, para que o órgão não tenha perda. Por exemplo, no caso de escolher o Google Videos em detrimento do YouTube? e esse primeiro cancelar os serviços ou "quebrar".
  • A Sílvia explicou que seria inviável publicar todos os vídeos em mais de uma rede social ou mesmo armazenar em servidores web na própria PR. Portanto o melhor a fazer é ter o backup dos vídeos originais com as suas informações (nome, descrição, etc) atualizadas em storage de custo mais baixo e usar o serviço gratuito e privado de exibição de vídeos na web.

10. Reunião 08/07/11

Reunião 08/07/2011 - Reunião online no canal #zope-pt (Freenode), 13h30 às 14h30.

Participantes

  • Eduardo Monteiro
  • Charles Henrique
  • Davi Lima
  • Tânia Andrea
  • Cintia Cinquini

Pontos discutidos

  • Criação de roadmap, milestones e cronograma do projeto
  • Criação de buildout para facilitar a colaboração e experimentação do Produto de Tema
  • Possibilidade de manter frequência para as reuniões virtuais

Próximos passos

  • Davi - Disponibilizar o registro de log das reuniões - OK
  • Tânia e Davi - Reorganização do Wiki - OK
  • Cintia e Tânia - Próxima reunião presencial com a SECOM
  • Cintia - Procurar pessoal do e-Gov para colocarem a documentação em HTML, como eles mesmo sugerem
  • Davi - Compartilhar a documentação do e-Gov comentada no FISL: http://www.governoeletronico.gov.br/acoes-e-projetos/padroes-brasil-e-gov/

Log da reunião


09. Reunião 02/07/11

Reunião 02/07/2011 - FISL, Porto Alegre, das 9h às 14h.

Participantes

  • Davi Lima
  • Patrícia Ribeiro

Pontos discutidos

1) O sprint aconteceu das 9h às 14h e participaram somente eu e a Patrícia da Presidência.

2) A Patrícia informou que a maioria dos sites públicos usa versão 3 do Plone. Com esse foco, inicializamos o repositório com a versão Plone 3 do produto de tema "plonegovbr.tema".

3) Localizamos no site da SECOM a versão expansível do código da barra superior do governo e a implementamos como um viewlet do produto de tema.

4) A Patrícia conseguiu versões impressas das cartilhas de melhores práticas do MPOG, no que juntos analisamos as de Usabilidade e Codificação, identificando os itens que são passíveis de serem transformados em testes automatizados. Disponibilizarei tais itens em breve, provavelmente usando o recurso de *highlight* no GoogleDocs?.


08. Reunião 08/06/11

Reunião em 08/06/2011 no MPOG.

Participantes

  • Assessores do Governo Eletrônico
  • Corinto Meffe
  • Cintia Cinquini

Pauta

Comunidade PloneGov-BR, Projeto de produto de skin para plone site dentro dos padrões do GF

Pontos discutidos

Apresentei a ideia que brotou na comunidade sobre fazermos um produto de skin para plone com os padrões de governo eletrônico aplicados, de modo que os órgãos que precisarem de um produto podem se beneficiar deste.

Corinto apresentou e ofereceu a infraestrutura do portal do Software Público para hospedar o projeto e informações da comunidade. E, sobre a institucionalização deste esforço coletivo entre os órgãos participantes, ele relatou uma experiência recente sobre outra comunidade quando foi assinada uma carta de intensões. Há possibilidade dessa carta sair pelo SISP com a adesão dos órgãos participantes.

Durante parte da reunião, contamos com a presença de assessores do Governo Eletrônico que se disponibilizaram a contribuir verificando se o escopo do projeto observa as regras de governo eletrônico em vigor e as recomendações de melhores práticas.

Como segundo passo, Corinto propôs conversarmos com a SECOM, sem a parceria da qual não seria possível ter um projeto completo.


07. Reunião 12/05/11

Reunião em 12/05/2011 no Consegi - Desconferência da Comunidade PloneGov-BR

Participantes

http://www.taniaandrea.com/fotos/consegi-2011/segundo-encontro-de-comunidades

Principais pontos discutidos

  1. Python Brasil Data: entre os dias 29 de Setembro e 1º de Outubro http://www.pythonbrasil.org.br/2011 Local: São Paulo
  1. Listas e comunicação – Giuseppe sugeriu "aquecermos" a participação nos meios que temos à disposição (Lista de Discussão, Wiki , Software Livre.gov.br e SVN). “Vamos usar mais os recursos da lista, trocar mais mensagens, aquecer a comunidade.”
  1. No gancho do relato a respeito do projeto da nuvem .GOV (qual o nome oficial do projeto, Giuseppe?) foi sugerida a criação de um projeto de Plone na nuvem para governo, de modo que os órgãos que possuem sites nessa tecnologia possam compartilhar seus recursos em uma rede de hospedagem governamental, com compartilhamento de recursos. O projeto da nuvem .GOV, que está em análise pela FINEP, em linhas gerais (por favor, me corrijam no que eu estiver errada) é um termo de cooperação técnica por meio do qual há compartilhamento dos recursos de infraestrutura para hospedagem de serviços. Todos os signatários compartilham os mesmos recursos de computação em nuvem, multiplicando as capacidades individuais de armazenamento e processamentom (mandem documentação a respeito aqui na lista para a gente fazer um bate-bola);
  1. Davi Lima relatou a iniciativa de criação do Plone.org.br com base no conteúdo construído no http://www.tchezope.org/. O projeto está sendo mantido em http://www.coactivate.org/projects/ploneorgbr/project-home. Davi convidou todos a colaborar (Colabore! Cadastre-se e visite a página Top10 tarefas para ajudar AGORA http://coactivate.org/projects/ploneorgbr/).
  1. Cíntia registrou, para falarmos sobre (pena que não deu tempo...) o mercado de trabalho de Plone. Fez esse registro porque em vários momentos em projetos que passou falavam que era muito difícil achar profissional com conhecimento em Plone. Duas análises sobre isso: os empregadores não sabem onde achar (precisamos melhorar o canal com eles) e os profissionais não estão se anunciando (precisamos melhorar o nosso marketing).
  1. Houve a propaganda do Encontro das Comunidades “amanhã” (*rs) de 10h às 12h.
  1. Registramos a proposta de discussão a respeito de contratação de serviços de Plone para o Governo. Mas não houve registro delalhado.
  1. Os entraves para se compartilhar código fizeram parte da desconferência. O relato geral mostrou que é complicado “entregar de mão beijada” o código de um sistema, que é tratado como um "bem", cujo direito patrimonial pertence ao órgão que pagou por ele. Por melhores as intenções dos profissionais integrantes da comunidade vimos que nesses 2 anos, desde a criação do PloneGov-BR, essa parte dos planos não se concretizou.
  1. Foi sugerida a criação de uma lista de produtos testados e utilizados pelos integrantes da comunidade de modo a fazer um “filtro” de produtos já homologados. Cada órgão declara numa lista os produtos que usa. Os outros podem se utilizar dessa homologação para ganhar tempo na hora de fazer seus projetos.
  1. Infelizmente não conseguimos fechar um calendário para 2011, mas falamos de uma reunião para conversar com o governo sobre compartilhamento de código, projetos comuns intra-governo ou entre governos, compartilhamento de infraestrutura, etc. Para essa agenda falou-se em convidar: CISL - Comitê de Implementação de Software Livre, SISP - Sistema de Administração dos Recursos de Informação e Informática, SLTI - Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação, Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República – SECOM, Serviço Federal de Processamento de Dados – SERPRO, ...

voltar à pagina inicial

Última modificação 7 anos atrás Última modificação em 15/01/2013 15:51:26

Anexos (1)

Download de todos os anexos como .zip

 

The contents and data of this website are published under license:
Creative Commons 4.0 Brasil - Atribuir Fonte - Compartilhar Igual.